A HISTÓRIA DA AGCO


Com suas raízes estabelecidas na indústria de equipamentos agrícolas, a AGCO possui uma herança de marca que remete a metade do século XIX. A AGCO estabeleceu-se em 1990 com a compra da Deutz Allis Corporation da empresa alemã Kloeckner-Humboldt-Deutz AG. A KHD, por sua vez, havia comprado ações da Allis-Chalmers equipamentos agrícolas cinco anos antes. Desde aquele tempo, a AGCO se tornou uma empresa de maquinário agrícola mundialmente reconhecida através do crescimento de mercado, aquisições estratégicas e soluções agrícolas de ponta.

Linha do Tempo

1990

A AGCO é formada pela aquisição da empresa Deutz Allis do grupo KHD e começa a fabricar e distribuir equipamentos agrícolas sob as marcas AGCO® Allis e GLEANER®.


1991

A AGCO compra a Hesston Corporation, uma marca norte-americana líder de mercado em equipamentos de fenação e 50% de participação na joint venture Case International, conhecida como HFI (Indústrias de Fenação e Forragem). No meio do ano, a AGCO compra o negócio de tratores White da Allied Products. Ambas as aquisições expandiram a rede de concessionários AGCO, enquanto as identidades das marcas foram mantidas.


1992

A AGCO abre seu capital com metade de suas ações, tornando-se parte da NASDAQ. Mais tarde, é listada pela NYSE sob o símbolo "AG" em 1994.


1993

A AGCO compra o negócio de plantadeiras, equipamentos de fenação e pulverizadores White-New Idea, bem como a fábrica em Coldwater, Ohio, Estados Unidos. A AGCO compra ainda os direitos de distribuição norte-americanos aos produtos Massey Ferguson® e 50% da joint venture estabelecida para a Agricredit Acceptance Corporation. A aquisição da Massey Ferguson® expandiu a rede de concessionários norte-americana da AGCO em mais de 1.000 concessionários.


1994

A AGCO compra as holdings mundiais da Massey Ferguson®, garantindo o status global da AGCO e os outros 50% de participação da Agricredit Acceptance Corporation. No mesmo ano, a AGCO compra os ativos da McConnell Tractors, fábrica de tratores articulados, possibilitando o desenvolvimento da linha de tratores AGCOSTAR®, e os ativos da Black Machine, proporcionando à AGCO uma linha de plantadeiras diferenciada.


1995

A AGCO compra os ativos da Tye Empresa, fabricantes e distribuidores de implementos agrícolas e equipamentos de preparo do solo Glencoe®, Tye® e Farmhand®.


1996

A AGCO adquire a empresa de equipamentos agrícolas Iochpe-Maxion no Brasil, líder número 1 no mercado de tratores com a marca Massey Ferguson. A AGCO compra também a Deutz Argentina, S.A., líder número 1 em participação de mercado de tratores na Argentina. A AGCO compra a Western Combine Corporation e a Portage Manufacturing, Inc. do Canadá para expandir o negócio de colheitadeiras da Massey Ferguson®. A AGCO ainda acrescenta a Rabobank Nederland como sua parceira de joint venture na Agricredit, sua subsidiária financeira na América do Norte. É lançado o Fieldstar® - sistema de posicionamento e agricultura de precisão para equipamentos agrícolas.


1997

A AGCO faz uma grande aquisição com a Fendt GmbH, negócio de tratores líder na Alemanha, melhorando sua disponibilidade à mais avançada tecnologia de tratores do mundo. A Fendt é conhecida por sua tecnologia de ponta e liderança no mercado internacional. A AGCO também adquire a Dronningborg Industries – líder em tecnologia de agricultura de precisão na Europa.


1998

A AGCO cria uma joint venture com a Deutz AG para produzir motores na Argentina. A AGCO compra as linhas de produtos da Spra-Coupe® e Willmar®, duas líderes no mercado de pulverizadores e uniu as produções em uma única planta fabril na cidade de Willmar, estado do Minnesota, Estados Unidos. A AGCO reajusta o número de ações emitidas para 59.000.000 ações e lidera a indústria na racionalização de ativos para uma contração econômica cíclica.


1999

A AGCO anuncia a criação da AGCO Finance - uma organização financeira nova e dedicada. Formada em associação com a De Lage Landen (DLL), uma subsidiária da Rabobank, o principal objetivo da AGCO Finance é fortalecer e melhorar as atividades financeiras de atacado e varejo da AGCO.


2000

A AGCO conclui a compra da Hay and Forage Industries em Hesston, Kansas, solidificando sua estratégia planejada de alcançar racionalização de manufatura eficiente, consolidando grandes operações na América do Norte.


2001

A AGCO adquire a Ag-Chem Equipment Co., Inc., fabricante e distribuidor líder de equipamentos especializados pesados fora-de-estrada para aplicações agrícolas e industriais, proporcionando à AGCO a posição de líder no mercado de pulverizadores auto-propelidos. A Valment muda o nome da marca de tratores para Valtra.


2002

A AGCO adquire os ativos do negócio de equipamentos agrícolas da Caterpillar Inc., em primeiro lugar o projeto, montagem e marketing dos tratores de esteiras da Challenger. No final de 2002, a AGCO adquire os ativos da Sunflower Manufacturing Empresa Inc., produtor líder em equipamentos de prepare do solo, semeadura e colheita especializada.


2004

A AGCO adquire o negócio da Valtra, fabricante mundial de motores fora-de-estrada e tratores com posições de liderança de mercado na região nórdica da Europa e América Latina. A aquisição inclui a SISU Diesel, produtora de motores a diesel fora-de-estrada.


2007

Laverda – A AGCO adquire 50% do capital social da fabricante de equipamentos de colheita líder na Itália. Sfil – A AGCO adquire esta fabricante de implementos de prepare do solo e semeadura líder na América do Sul.


2008

A SISU Diesel tem seu nome de marca alterado para AGCO SISU POWER.


2009

Instalação do depósito de peças- AGCO PARTS em Jundiaí - SP.


2010

Valtra – marca comemora 50 anos de atuação no Brasil. AGCO anuncia abertura de fábrica em Daqing, Heilongjiang, na China. AGCO expande seus negócios em colheitadeira e passa a controlar 100% da Laverda. Aquisição da Sparex Holdings LTD, distrbuidora global de acessórios e peças de reposição. AGCO Sisu Power – produção dos 100 mil motores.


2011

Massey Ferguson – marca comemora 50 anos de atuação no Brasil

GSI – A AGCO adquire a GSI Holding, fabricante mundial de equipamentos para armazenagem, secagem de grãos e soluções para aumentar a eficiência da produção de proteína animal.


2012

Santal – A AGCO adquire 60% da fabricante brasileira de colhedoras e equipamentos para o setor sucroalcooleiro.

A AGCO Sisu Power tem seu nome alterado para AGCO Power.